Em busca do estilo de vida digital, líder Nero reposiciona marca, produtos e distribuição – Comunique-se – 3/11/2008

De olho no quinhão brasileiro de um mercado que consome mais de 31 milhões de portáteis e 1,15 bilhão de celulares por ano mundialmente, a alemã Nero amplia canais de distribuição no Brasil.

São Paulo, São Paulo, Brasil – Comunique-se – 03/11/2008 17:44 – De olho no quinhão brasileiro de um mercado que consome mais de 31 milhões de portáteis e 1,15 bilhão de celulares por ano mundialmente, a alemã Nero amplia canais de distribuição no Brasil – com a entrada das múltis Ingram Micro e LifeBoat ao lado da brasileira XpressSoft -, remodela linhas de produtos e aposta na nova tecnologia líquida” de conteúdos de vídeo, som e imagens para expandir sua presença no País.

As mudanças começam a chegar ao consumidor brasileiro neste mês de novembro com o início de vendas do Nero 9, o programa de gravação de CDs e DVDs mais usado no mundo, e a estréia do Nero Move it, software que promete acabar com a confusão na hora de passar músicas e filmes do computador para o celular, palm, câmera ou qualquer outro portátil eletrônico.

Com mais de 300 milhões de unidades de seus softwares utilizadas no mundo, a Nero se baseou nos pedidos recorrentes de usuários para criar a tecnologia “mídia líquida”, base tecnológica dos novos produtos. A partir dela, os programas Nero “traduzem” as dezenas de formatos de arquivos multimídia existentes no mercado e os convertem automaticamente para o equipamento em que serão rodados. “Hoje as pessoas comuns estão confusas com tantos formatos, sistemas e softwares que têm de usar para enviar uma música do computador ao celular ou um vídeo da câmera para o micro”, diz Max Gorissen, principal executivo da Nero no Brasil. “A tecnologia mídia líquida tem a missão de acabar com essa bagunça. Ela transfere os arquivos e os adapta ao formato do equipamento sem estressar o usuário.

Para o consumidor brasileiro há mais uma boa nova: como já são fabricados no País, os programas Nero não terão reajustes derivados da confusão cambial.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s