Nova geração de colecionadores de automóveis antigos sonha com carros da sua juventude.

Poster Someday XJ6

Por: Max Gorissen

Não diria que existe uma mudança no conceito do que são considerados “carros clássicos”, apenas uma constante alteração no gosto dos novos colecionadores por carros mais atuais e geralmente relacionados com seus sonhos e desejos de infância e juventude.

Não quero entrar no mérito dos motivos e/ ou dos vários tipos existentes de colecionadores de automóveis, apenas vou me ater a um, que acredito faço parte (sou proprietário de um Jaguar XJ6 1974) e poderia ser chamado de “o iniciante”.

Apenas para efeito de entendimento, chamo de iniciante aquela pessoa que adquire um primeiro automóvel (ou outro bem), neste caso antigo, e que, salvo exceções, geralmente o automóvel é um modelo que ele/ ela deseja desde a juventude (o chamado sonho de infância).

É fato a expansão do mercado de carros mais novos (ou menos antigos), carros entre os anos 1960 e 1980, considerados hoje como antigos e sujeitos a coleção. A própria limitação imposta pela chapa preta já define quais são os novos carros antigos.

Se analisarmos bem, a evolução (mais moderno) é um processo normal em qualquer hobby. Li em uma reportagem que: “… o carro que deve ser o mais desejado por colecionadores em 2050, ainda não foi produzido…”.

Você imagina como será este clássico? Eu também não, mas, qualquer que seja sua marca ou modelo, deverá ter uma aparência agradável (não dá para dizer bonito, pois bonito é muito pessoal), deverá possuir novas ou diferentes inovações mecânicas e/ ou tecnológicas e ser produzido em baixo volume (apesar do conceito de baixo volume hoje diferir muito de alguns anos atrás). Apenas para dar um exemplo, meu filho de 5 anos, bem como acredito, a maioria dos filhos de quem está lendo este artigo, é fanático pelas novas Ferrari, BMW e Jaguar (este último, no meu caso, não poderia deixar de constar).

Para ilustrar o conceito acima, quando as pessoas começaram a colecionar carros no final dos anos 1940, carros dos anos 1930 eram considerados apenas como carros usados, alguns nem com 10 anos de produção.

Se viajarmos no tempo até os anos 1980, apenas para exemplificar usando carros Americanos em vez de Europeus/ outros, o Muscle Car Americano dos anos 1950 a 1970 (Camaro, Mustang, Cobra, Dodge, Thunderbird, Corvette, Bel Air, Pontiac GTO, Plymouth Cuda e os produzidos no Brasil como o Dodge Charger, Maverick e Opala, entre outros) também eram, pelo mesmo motivo, apenas carros usados. Contudo, para os anos 2000, estes carros são autênticos antigos e objetos de desejo e adoração.

A razão disto é que existe uma lacuna entre gerações em que toda nova geração, na maioria das vezes, começa comprando carros que eles não podiam ter quando eram jovens. Por este motivo, aquela pessoa que começou a se estabilizar, fazer sucesso e/ ou ter os recursos para comprar um carro antigo nos anos 1950, deve ter comprado um carro dos anos 1910 ou 20, e outra pessoa, dentro dos anos 2000, almeja comprar um Muscle Car Americano (exemplos acima) ou um carro Europeu (ex: Jaguar, Alfa Romeo, Mercedes Benz, Ferrari, etc.) ou de outro continente dos anos 1960 a 1980.

Volto a repetir, não estou me referindo aos grandes colecionadores de clássicos que são uma pequena parte, talvez uma centena, de colecionadores que hoje se encontram dedicada a colecionar um número bastante limitado de carros e sim, do seu, do meu, vizinho, conhecido ou amigo, que possui um (alguns) carro(s) antigo para seu prazer.

Na minha opinião, isso é muito bom já que o que mantém e estimula este hobby e o mercado de colecionadores é a constante alteração (evolução) nos gostos dos colecionadores. Poderíamos dizer que toda nova geração acrescenta um novo nível ao nosso hobby.

Meu outro sonho de infância, além do Jaguar XJ6 1974; um Dodge Charger preto “envenenado” (se aparecer com este minha mulher me mata!), contudo, se pudesse, teria também uma coleção completa de carros dos anos 1930… Imagino como ficaria bem dirigindo um Auburn 851 Boattail Speedster 1935…


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s