Minimize o risco de invasão nas suas redes

Por: Max Gorissen

Existem indivíduos que se dedicam a enganar pessoas para conseguir o que desejam.

Esta prática, comum na nossa sociedade, recebe vários nomes, como por exemplo; furto, roubo, ludibriar, extorsão, invasão, surrupiar e, na área de informática, como não poderia deixar de ser, adotou-se um nome pomposo: “Engenharia Social”.

As formas de Engenharia Social variam. Vão desde o simples furto da senha deixada pelo usuário num post-it colado na parte de baixo do seu teclado (local óbvio) até ataques a servidores através da conexão direta de um laptop em uma sala de reuniões da empresa em um ponto de rede sem segurança.

Contudo, com o advento das redes sem fio (wireless), os Engenheiros Sociais não precisam mais se arriscar tanto, nem estruturar grandes planos para invadir uma rede.

Muitas destas redes se encontram abertas para qualquer um que quiser invadi-las. Isso ocorre porque, na maioria das vezes, quem instala estas redes não se preocupa em criptografa-las ou, no mínimo, alterar a senha padrão de acesso.

Por este motivo, para evitar que invasões aconteçam, pequenas mudanças de comportamento podem fazer toda a diferença em manter seu computador livre de invasão e, por consequência, dos principais tipos de ameaça virtual.

Inicie criptografando (WPA-Wi-Fi Protected Access ou SSL-Security Socket Layer) sua rede. Isso é fácil através do próprio aplicativo/ software que vem junto do equipamento.

Escolha sempre a criptografia máxima disponível (Exemplo SSL de 128 bits) digitando chaves que, apesar de difíceis, você consiga lembrar mais tarde. Não repita senhas utilizadas em outros aplicativos, nem senhas que possam ser associadas a você, tipo: nome do filho, data do casamento, etc. Além disso, mude a senha padrão do fornecedor.

Todo equipamento vem com username e senha padrão, como por exemplo; username: admin e senha: password.

Faça o recomendado acima e irá dificultar invasões evitando que outras pessoas sirvam-se de sua conexão com a internet.

Por último, consulte regularmente o site do fabricante em busca de atualizações de drivers de segurança.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s